Desenvolvendo ideias

Compartilho aqui com vocês o resultado do meu processo criativo aqui na Saint Martins! Resultado na verdade é uma palavra muito forte, já que estou em constante criação, então melhor dizer que é o resultado por ora. Nesse trabalho explorei as transparências, a maleabilidade e a fuidez;  como tema, foquei a pesquisa  na água-viva, que tem tudo isso. Usei diferentes tipos de tules, linhos, sedas e tricoline acetinada.

O processo é uma delícia!!! Vou montando e desmontando os modelos nos manequins e extraidno as melhores ideias. Chega uma hora que a melhor solução aparece. Descubro uma pence incrível num lugar inusitado, e aí vou seguindo e encontrando novas possibilidades para o caimento daquele tecido, estudando novos caminhos, novas combinações de cores e misturas de texturas.

Na verdade são muuuuitas as criações, mais de 200 no total. Selecionei aqui os modelos dos quais eu acho que caracterizam melhor a coleção.

Para curtir Carol Nasser Atelier no Facebook, clique aqui

Para seguir Carol Nasser no twitter, clique aqui

Para agendar sua visita no Atelier Carol Nasser, mande e-mail para carolnasseratelier@gmail.com

Ou passe no Espaço Dinde no Barrasquare.

Processo Criativo

Muitas vezes as pessoas me perguntam de onde vem a inspiração. Ela vem, simplesmente vem. Claro, já está lá dentro, é um mix de tudo que eu vejo e tudo que eu sinto.

Aqui, o intuito é  extrair mais da criação, de aprimorá-la.Com materiais alternativos, como sacolas plásticas, papel, papel alumínio, papelão, é possível experimentar novas possibilidades. Podemos julgar a textura, a cor, a forma, e com isso, depois trazer essas novas inspirações para os tecidos, e criar roupas.

Nas fotos abaixo, eu usei sacolas plásticas, paninho de limpeza tipo perfex, e papel de modelagem.

Tudo isso é experimento. Analisamos e observamos, funciona como um laboratório para que no final das contas, o resultado seja um belíssimo vestido num tecido maravilhoso.

Meu projeto final aqui na Saint Martins vai ser sobre jellyfish (água-viva). Já fiz  a pesquisa de imagem e de material para  começar a colocar em prática. Antes disso fiz mais alguns experimentos em papel. Aliás, foi depois desse processo em papel que batemos o martelo pela água viva.

Meu tema é super apropriado, estou bem empolgada porque achei  muito acertivo. Ao criar minhas coleções, aposto sempre na feminilidade, acho que nós mulheres já somos fortes demais, então que na maneira de vestir, sejamos femininas e delicadas, mas com atitude, claro. Gosto muito de transparências, rendas, sedas, tecidos fluidos. Então, nada mais apropriado que a água-viva, uma criatura  linda, transparente, flutuante, colorida, dançarina, maravilhosa!!! Selecionei algumas das minhas fotos preferidas da pesquisa de imagem:

O fundo do mar guarda não só beleza, mas silêncio e liberdade!!! Adooooooooro!!!

Aguardem as novas criações!!!

%d bloggers like this: